Angola
Especiais
PROVÍNCIA / Angola / Viajar  / Namibe
Namibe
  • Cidade do Namibe. Welcome to Angola!
  • Praia das Miragens, Namibe, Welcome to Angola
  • Palácio do Governo, Namibe, Welcome to Angola
  • Deserto do Namibe, Duna, Welcome to Angola
  • Deserto do Namibe, Guelengue, Welcome to Angola
  • Deserto do Namibe, Welcome to Angola
  • Deserto do Namibe, Suricata, Welcome to Angola
  • Welwistchia Mirabilis, Deserto do Namibe, Welcome to Angola
  • Bosquimanos, Namibe. Welcome to Angola!
  • Baia dos Tigres, Namibe. Welcome to Angola!
  • Cidade do Namibe, Welcome To Angola!
  • Cidade do Namibe, Welcome To Angola!
  • Aeroporto da Cidade do Namibe, Welcome To Angola!
  • Welwitschia Mirabilis, Deserto do Namibe, Welcome to Angola!
  • Deserto do Namibe, Namibe, Welcome to Angola
  • Welwistchia Mirabilis, Deserto do Namibe, Welcome to Angola
  • Deserto do Namibe, Namibe, Welcome to Angola
  • Welwistchia Mirabilis, Deserto do Namibe, Welcome to Angola
Classificação
A província do Namibe tem condições turísticas fantásticas, quer para os que adoram o deserto, como os que veneram o mar ou a fauna.

Das maravilhosas praias, passando pelo Deserto do Namibe, pela capital onde diversos exemplares da arquitectura colonial podem ser apreciados, ou pelas pequenas comunidades de bosquimanos, o Namibe é um mundo a explorar.

A visitar no Namibe:
  • Águas Termais do Centro Turístico da Mutípa, Pediva, Ndolondolo
  • Quedas de Água do Monte Negro
  • Foz do Rio Cunene
  • Parque Nacional do Iona
  • Furnas do Kapangumbe
  • Gravuras de Tehipopilo-Caraculo
  • Morro da Torre do Tombo
  • Lagoa de águas,
  • Lagoa do Inamangando,
  • Lagoa do Mate
  • Praias das Miragens, Praia Azul, Praia Amélia, Praia das Barreiras e Praia dos Flamingos e a Baia das Pipas
  • Reserva Especial do Namibe
  • Deserto do Namibe
  • Monumentos Religiosos: Igreja da Nª Srª de Fátima, Igreja de Santo Adrião, a Capela da Praia Amélia, a Capela da Quiploa eIgreja da Nª Srª do Mundo na Bibala
  • Fortaleza de São Fernando
  • Fortaleza do Kapangombe
  • Exemplares da Arquitectura Colonial, como a Estação do Caminho-de-ferro de Moçâmedes, o Tribunal da Comarca de Namibe, o Edifício dos Correios e telégrafos e o Palácio do Governo

Saiba mais sobre a província Namibe.





Comentários
Hermenegildo Luis Cebola
falar de Namibe e falar do grande grupo carnavalesco da Torre do Tombo, a cidade esta mais crescida ..Saudades da praias da miragens , do porto pesqueiro,o saco mar..O futebol o grande sonangol do Namibe o Independente do Tombwa...
Eduardo Jaime Peixoto Nunes
Vivi e cresci em Moçamedes, e não nem nunca me esquecerei, da cidade mais bonita que alguma vez tenha passado ou visitado.
Harrison Frederico
o Namibe por sua vez e acidade mais bela de angola bastante especial e confirmo de facto o aplicativo da como terra da felicidade viver aqui e um prazer muito grande tambe conheci pessoalmente em dois mil e cinco logo de primeira encantei me com a provincia um ano depois vim ca logo morar e assim ate hoje vivo ca e muito feliz convido a todos os cidadaos desta terra a passarem por ca serao bastante recebido com o nosso turismo as ricas paisagem as praias limpa do namibne povo desta terra nao exitem conhecer o namibe e verdadeiramente lindo eu vim e por ca fiquei encantado com abeleza desta cidade bom proveito atodos que por essa cidade passarem
william jose
eu pesso ao governo do namibe, e em especial aos habitantes dela, para que tome mais responsabilidade nos cuidados, de saniamento e edificaçoes culturias deta bela e rica cidade.
mitoia
Tambem fui "arrancada" da minha cidade querida Namibe. Sempre com muita saudade, não há dia que não lembre dela. embora volte lá quando a vida me permite, bate-me o coração descompassadamente, quando tenho de voltar. Lembro-me perfeitamente do engº Martins, pois a esposa dele dra. Fernanda Martins foi minha prof. de História, na Escola Comercial eIndustrial Infante D. Henrique.Ai que saudades.....
joel cunha
Estou neste momento a trabalhar no namibe e a todos os que são de ca mas estão longe, compreendo a vossa saudade. Esta terra é um encanto.
ISABEL MARIA LOURES DA SILVA
Moçâmedes, cidade que me viu nascer infelizmente só lá vivi até aos 11 anos, mas lembro-me e nunca me vou esquecer, espero um dia lá voltar e levar os meus filhos comigo para conhecerem a cidade mais linda e maravilhosa do mundo.
ANTÓNIO M. GÓIS NÓBREGA
Namibe, ex- Mocâmedes é um diamante precioso por lapidar... mas sempre foi um diamante valioso e brilhante... lindo como não há igual! O mar, o deserto, a verdura das hortas são uma harmonia divinal. O ar enfeitiça... o mar é fantástico... de águas quentes, praias lindíssimas, areia de ouro fino. O encanto do deserto... quem nunca viu o deserto ao pôr do sol nunca saberá apreciar o mais lindo espectáculo do mundo. Luz, cor, mistério... é um fascínio! Minha terra que encanto e que saudade. Tiraram-me de ti mas não conseguirão nunca matar o carinho, o amor, a saudade. Até o desenho urbano é um exemplo de cidade fantástico... Linda terra. Não morrerei sem voltar...
Antonio José Teixeira da Veiga e Moura
Foi no liceu Américo Tomáz que acabei os 6o e 7o anos do liceu. Um dia hei-de voltar à terra onde fui adolescente e que era conhecida por ter as mais belas mulheres de Portugal.
Antonio José Teixeira da Veiga e Moura
Foi no liceu Américo Tomáz que acabei os 6o e 7o anos do liceu. Um dia hei-de voltar à terra onde fui adolescente e que era conhecida por ter as mais belas mulheres de Portugal.
Jose Fernando Rosa Lopes
Vivi no Namibe de 1969 a 1975 dei aulas leccionei várias disciplinas de electricidade na ( naquela altura ) escola Infante D.Henrique. Tive muitos alunos e penso que alguns deles senão a maioria ficaram meus amigos. Recordo com grande saudade o Dr. Júlio Vitoria Pereira penso que vi no face book uma referencia ao filho dele que é prof. de educação física, lembro-me do engº Armando Martins com quem trabalhei e que faleceu pouco tempo depois de vir para Portugal.Seria fastidioso continuar a mencionar nomes e iria esquecer-me de muitos. Quando alguém ler este comentário se me tiver conhecido nesses anos e quiser dár-me a grande alegria de ter noticias das gentes e terra aonde vivi os últimos seis anos de Angola.
Jose Fernando Rosa Lopes
Vivi no Namibe de 1969 a 1975 dei aulas leccionei várias disciplinas de electricidade na ( naquela altura ) escola Infante D.Henrique. Tive muitos alunos e penso que alguns deles senão a maioria ficaram meus amigos. Recordo com grande saudade o Dr. Júlio Vitoria Pereira penso que vi no face book uma referencia ao filho dele que é prof. de educação física, lembro-me do engº Armando Martins com quem trabalhei e que faleceu pouco tempo depois de vir para Portugal.Seria fastidioso continuar a mencionar nomes e iria esquecer-me de muitos. Quando alguém ler este comentário se me tiver conhecido nesses anos e quiser dár-me a grande alegria de ter noticias das gentes e terra aonde vivi os últimos seis anos de Angola.
João de Sousa
Moçâmedes namoradeira joia de rara Beleza eu canto á minha maneira os teus dotes de princesa és uma cidade bela das belas que outras são desta Africa singela que eu trago no coração
braulia lopes/kissuma
Ai que saudade da minha terra que me viu nascer cidade que deixa saudade onde tudo e beleza onde tudo e alegria e as festas do mar e maço ai que saudade de um dia voltar.
Rose
Tenho imensa vontade de conhecer Angola e desejo um dia poder realizar esse sonho.
FATIMA VAREJAO
NASCI AQUI E UMA TERRA SEM PAR..............MARAVILHOSA COM O SEU CLIMA,TROPICAL UM POR DO SOL ONDE NAO HA IGUAL BOA GENTE QUEM DERA UM DIA LA VOLTAR...........ANGOLA MEU BEIJO TE MANDO TERRA MAE QUE ME VIU NASCER...............
ana maria bento cristao
sou descendente de maria da cruz rolao a regedora de porto alexandre.O meu pai era , a minha familia é dessa bela cidade do namibe carlos cristao do radio club de moçamedes.
Elsa Parreira
era a terra da minha mãe e dos meus familiares tenho pena de não conhecer, mas tenho a esperança de vir a conhecer um dia.
Mário Sousa
Infelizmente não conheço a minha própria terra. Vim de lá em 1975 no principio da guerra colonial e nunca mais lá voltei. Agora com 39 anos o meu grande sonho é voltar lá pra a conhecer e pra encontrar a minha mãe que lá ficou e nunca mais soube nada dela. Obrigado por partilharem estas lindas imagens que me alimentam o sonho.
Nome
Comentário
Nome
Comentário
Carlos Henrique Costa dos Santos
Quase todos os dias, para não mentir e dizer é todos os dias, falo dela, de Angola, de Moçâmedes hoje Namibe, dos seus encantos, das suas praias, das areias finas do deserto, das suas dunas, das suas paisagens, das suas miragens, do seu calor, do calor humano, das suas gentes, do seu povo “Os Mucubais”, das suas tempestades de areia, do seu cacimbo, do seu frio, do cheiro da terra, das pescas, do seu peixe, do seu marisco, dos célebres caranguejos do mar, das bocas dos caranguejos das hortas, da sua fauna, da sua flora, dos seus rios Giraul, Bero e Curoca, mais a sul a foz do Cunene, a Baia dos Tigres, as Festas do Mar, os bailes do Clube Náutico e do Atlético, como é bom recordar, traz-nos tantas lembranças, porque foi ali nesta linda e bela cidade que desde os meus 5 anitos, cresci, estudei, me fiz homem e casei, quero acrescentar que é aquela a terra dos meus olhos, a terra dos meus amores. Só quero voltar para um dia adormecer eternamente naquela que é a minha cidade, é aquela a minha terra independentemente de lá ter nascido ou não, para o sentimento, não existir qualquer barreira.
António José Escarameia
O deserto do Namibe tem um feitiço muito especial.Era lá que gostava de morrer.
Maria Celeste Camilo Graça
Tenho a honra de conhecer Namibe, é realmente uma zona a visitar em Angola, Espero que o Turismo se desenvolva mais rápidamente, para que essas lindas praias atraiam mais turistas,e lhe seja dado o valor que elas tanto merecem........
António Barbosa da Silva
Lamentavelmente a indústria do Turismo ainda não é uma prioridade para o governo de Angola.É muito complicado obter um visto para visitar o país.
Fátima Cordeiro
Muitas pessoas ainda não conhecem esta terra maravilhosa com praias lindas, aguas quentes, marisco, peixes frutas enfim um sem numero de coisas muito boas, motivo para visitar esta cidade maravilhosa, a minha cidade estou longe mas um dia vou voltar pois fui "arrancada" sem que pudesse me despedir...fui muito Feliz amo-te Moçamedes actual Namibe...vou voltar para poder matar todas as saudades que sinto e depois...só Deus sabe...
Comentar