WELCOMETO
Especiais
Destaques
ASAN forma primeiros técnicos em gestão de risco em Angola

A Associação de Seguradoras de Angola (ASAN), em parceria com o Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa (ISEG), realiza a partir do mês de Outubro a primeira edição da Pós-graduação em Actuariado e Gestão de Riscos, centrada na análise e quantificação dos riscos inerentes às actividades seguradora e financeira.

De acordo com a ASAN existem apenas quatro técnicos actuários no país, estando um no Banco Nacional de Angola (BNA), outro no Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) e dois numa seguradora.

“Existe assim uma necessidade premente de desenvolvimento de competências em Actuariado e Gestão de Riscos em Angola, tendo a ASAN tomado a iniciativa de suprir esta carência”, realça a direcção da Associação.

A formação está disponível para titulares de graus de licenciatura ou equivalente nas áreas da Economia, das Finanças, da Gestão, da Estatística, da Matemática e das Engenharias. E ainda, excepcionalmente, a candidaturas com base na análise do currículo científico, académico e profissional que ateste capacidade para a frequência deste curso.

O ISEG é uma instituição líder em Portugal com mais de 20 anos de experiência na formação em Actuariado e Gestão de Riscos. O curso tem ainda o apoio institucional da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG).

De recordar que o mercado segurador nacional conta com 23 seguradoras já em actividade, e com cinco Sociedades Gestoras de Fundos de Pensões.

Sobre a ASAN
ASAN é a associação de seguradoras de Angola, sem fins lucrativos, com o objectivo de defender os interesses das Associadas a nível nacional e internacional. Existe desde 2012 e reúne as principais companhias de seguros que operam em Angola que são a ENSA, Nossa, Global, Saham, Fidelidade Angola, Mundial, Garantia, Confiança, Tranquilidade, Fortaleza, Master Seguros e Prudencial.