Welcome To Benguela
Especiais
PROVÍNCIA / Benguela

Benguela

Dados Geo-Demográficos

Área Total
37.802 Km2

População
2.036.662

Temperatura Média
24º

Clima
Tropical Árido

9 Municípios





Benguela localiza-se no litoral centro de Angola e faz fronteira com Kwanza Sul, Huambo, Huíla e Namibe. Esta província divide-se em 9 municípios:

  • Benguela
  • Baia Farta
  • Balombo
  • Bocoio
  • Caimbambo
  • Chongoroi
  • Cubal
  • Ganda
  • Lobito

A população é na sua maioria da etnia Ovimbundu e Nganguela e a língua mais falada na região é o umbundo. A agricultura, a pesca e a pecuária são as principais actividades desta população.

Capital

A sua capital, a cidade de Benguela tem 2 100 km² e cerca de 513 mil habitantes. Limita a Norte com o município do Lobito, a Oeste com os municípios de Bocoio e Caimbambo, a Sul com o município de Baía Farta e a Oeste com o Oceano Atlântico. O município divide-se em seis comunas: Zona A, Zona B, Zona C, Zona D, Zona E e Zona F.

A capital desta província é conhecida como a Cidade das Acácias rubras devido à cor destas árvores.

Natureza

Benguela é também conhecida pelas suas magnificas praias:

  • Praia da Caota - excelente para o mergulho subaquático, situa-se a 10 km do centro da cidade
  • Praia da Caotinha - é uma pequena praia mas de águas muito límpidas, à qual se chega pelo Morro da Caota
  • Praia da Baía Azul - foi o azul das suas águas que lhe deu o nome

Baía Azul
  • Praia Morena - praia com 3km de extensão com areia muito branca, uma das favoritas

A 20 km de Benguela, situa-se o Parque Regional da Chimalavera e a 30km para sudeste, a Reserva Búfalo. Existem ainda nesta região a Reserva Florestal do Cubal e Catumbela e a Reserva Florestal de Chongoroi.

A província de Benguela é rica em fauna: Zebras, Leões, Elefantes, Olangos, Golungos, Búfalos, Onças, entre outros animais.

No Morro do Capelongo, no Planalto Grande, no Morro da Cimalavera, Maitse, Binga, Catengue, Coporolo e Coalongo podem ser avistados Antílopes, Leões, Elefantes, Zebras, Búfalos e Palancas.

Acessos

Os acessos por estrada têm vindo a melhorar e a viagem de Luanda por este meio é agradável devido à bonita paisagem.

Existem aeroportos em Benguela, o 17 de Setembro, o do Lobito e o Militar de Catumbela. Há 3 companhias aéreas a voar para o aeroporto 17 de Setembro, a TAAG, SAL e SONAIR.

Por mar, também é possível chegar a Benguela, pelo Porto do Lobito.

Monumentos e Locais

Na província de Benguela, visite:

  • A Igreja Nossa Senhora do Pópulo, construída em 1748 no estilo barroco;
  • A Ermida da Nossa Senhora dos Navegantes, de 1957, onde se festeja a Santa a 17 de Maio;
  • A Capela da Nossa Senhora da Graça;
  • O Palácio do Governo, um lindo exemplar da arquitectura colonial; 

Palácio do Governo
  • A Igreja Nossa Senhora da Arrábida, do séc.XVII, localizada no Lobito;
  • O Museu Nacional de Arqueologia;
  • O Museu de Etnografia do Lobito;
  • O Farol do Quilve no Lobito;
  • O Farol de S.Pedro da Catumbela;
  • As Termas da Jomba;
  • A Plataforma com vista panorâmica da Bela Vista.



Banco Nacional de Angola

Exemplo da arquitectura colonial de Angola. Há muitos outros edíficios que merecem a visita pela sua beleza arquitectónica.

Lobito

Outra das principais cidades de Benguela, o Lobito tem um dos melhores portos naturais da costa africana e este porto de águas profundas liga ao Caminho-de-Ferro de Benguela.

É daqui que parte a maior linha de caminhos-de-ferro de Angola, a qual atravessa todo o país e as fronteiras da Zâmbia e da República Democrática do Congo.


Restinga, Lobito

Esta cidade é um retiro de fim de semana para muitos residentes em Luanda, oferecendo um ambiente mais calmo face ao ritmo da capital angolana.

Catumbela

Entre Benguela e Lobito, situa-se a pequena cidade de Catumbela, a qual, antes da construção do Porto do Lobito era uma importante cidade agrícola e comercial que prosperou sobretudo graças ao comércio da cana de açúcar, marfim, escravos e óleo de palma.


Ponte 4 de Fevereiro, Catumbela


Esta é a Benguela de hoje, se quiser saber um pouco da história de Benguela e espreitar para o passado, tão distante, em imagens, como 1878, convidamo-lo a visitar a nossa página Benguela Antiga. Esperamos que goste desta viagem no tempo.